Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2007

Da lata do lixo: Discrição

Nota rápida: Vendo meus arquivos no computador, resolvi começar uma nova série, só com os textos que escrevi e disse que nunca iria publicar uma merda daquelas, só pra me contradizer e ter o que colocar aqui quando não dá tempo de escrever.

---------------

Acho que na vida tudo se equilibra. Se você tem só o claro, ou só o escuro, é fácil definir. É claro!, é escuro!, é fácil definir. Mas o claro e o escuro só existem juntos. Até no mais claro dos claros, tem um pouco de escuro, e o bastante do claro se mistura no escurinho do pouco escuro e aquela claridão é única, e é mistura, e não dá pra definir o que é, e tudo por causa do pouquinho de escuro que deixa tudo equilibrado ali.

Ela ficava apavorada naquele quartinho. A enfermeira já nem vinha ver mais, não era caso de tratar com remédio. As paredes azuis daquele quarto que parecia enorme quando ela entrou ali pela primeira vez desbotavam no mesmo ritmo que ela. Perdiam o viço, perdiam o gosto, perdiam a cor. O quarto que era gigante à p…