Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2008

Bonecas

No convite do casamento, uma foto dos dois abraçados mostrava aquela intimidade irritante que só pessoas prestes a se casar e recém-casadas têm. Noel com um sorriso que aumentava a distância entre as duas orelhas de abano (mal disfarçadas por um par de costeletas que envergonharia o mais bêbado imitador de Elvis), e Marina o abraçando por trás, com cara de quem estava doida para dar (dar de verdade, para mulheres como Marina, que se acham moderníssimas mas só dão de verdade, se entregando mesmo, só depois da aliança no dedo), e as enormes gengivas mais aparentes do que nunca.

Ignorava que menstruaria rios, como nunca antes na vida, bem na noite do casamento, manchando as primeiras camadas de tecido do imponente vestido de noiva e impossibilitando o sexo (apesar de Noel insistir muito, "Vamos, bem, eu não ligo, com catchup é mais gostoso", acabou se masturbando na cama enquanto Marina tirava a maquiagem na frente do espelho). A primeira vez de verdade como mulher casada, só …

A antipática

Ela odiava títulos e não entendia como tanta gente no mundo utilizava-se deles o tempo todo. Um livro é tão cheio de palavras e de repente uma delas precisa ser a principal? Uma canção tem as palavras tão cheias de melodia, e é uma palavra falada que precisa dar nome a ela? Não lhe parecia justo.

Chegou ao ponto de quase não usar substantivos. “Bom dia, pai” virava “bom dia” apenas, porque quem garante que naquela hora do dia o pai era mesmo um pai, e não era um garoto? Algumas frases eram quebradas. “Vais ao supermercado?”, e não “O senhor vai...?” ou “Tu vais...?”. Lhe soava cruel chamar um moço de moço, sendo que talvez o moço não fosse um moço naquela hora, e sim um carrasco medieval no corpo de um moço, e jogar palavras assim pra determinar o que alguém é partia-lhe o coração.

Com o tempo, aprimorou sua teoria. Chamar alguém de bonito sendo que na verdade é feio não era elogio, descobriu, era um xingamento. Era um desrespeito com a palavra “bonito” ser usada dessa forma. Começou a …