28.5.12

Cães

Hoje enxerguei um cachorro
mijando numa cadela
mirando na cara dela
como se lhe desse flor

A cadela não reagiu
de santa não tinha nada
Cadela é mulher safada
gozou quando ele latiu

No meio de toda a urina
o poder era todo dela
Marcada como cadela 
rainha daquela esquina

O cão marcou território
a cadela quase sorriu:
O amor é o render compulsório
a sofrer por estar no cio

4 comentários:

  1. Anônimo7:40 AM

    eu gostei muito muito bonita.parabens

    ResponderExcluir
  2. Anônimo9:46 PM

    Muito bom, não conhecia esse lado poeta. Parabéns!
    Porque você não escreve um livro?

    ResponderExcluir
  3. eddie6:49 PM

    hauahauahuahau

    Bom!

    ResponderExcluir
  4. Very good, the poems of you Brazilians are awesome! Here in New York, is not so! But ... Yes, there are very good and famous poets! Congratulations!

    ResponderExcluir

Amar é frustrar

Pais machucam filhos. Essa é uma lei da natureza tão certeira quanto a de que pais botam filhos no mundo. Duas certezas biológicas: a da ...