Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2012

Abstinência

Foi o Freud o primeiro a prenunciar: Você vem fodido do berço. Não importa o que você diga que faz, acaba sempre reproduzindo o modelo que teve nos seus primeiros anos de vida. Se os seus chefes são sempre filhos da puta, se suas vizinhas do andar de cima sempre andam de salto pela madrugada, alguma coisa nisso é reprodução do modelo dos seus pais.


Você deve ter procurado, inconscientemente, por um apartamento com uma vizinha barulhenta porque morava em algum lugar assim na infância.
Nada de mágico: a gente só procura viver de acordo com aquilo que reconhece. Se na nossa infância e adolescência passamos por uma família sempre em guerra, é apenas a guerra que nós conhecemos intimamente. Todo o amor que chegou até nós foi engarrafado em pequenas doses de violência, e é esse amor que nós vamos procurar – justamente porque não conhecemos outro.

Minha família é uma família comum, cujos papéis se repetem em várias outras, e tem um histórico de fugas: um pai viciado em trabalho (o que é v…

Videogame

Minha colega está fazendo voluntariado com crianças que moram numa área de risco ao redor de um depósito de lixo. Querendo puxar papo com um dos molequinhos que estavam brincando de médico com material perfurocortante de verdade (quero ver o seu filho ter um privilégio desse!), ela perguntou:
- Do que você mais gosta de brincar?

O menino respondeu na lata:
- Videogame.

Claro que o menino nunca tinha encostado num videogame em toda a sua vidinha.

--

Esse negócio de pressão da mídia pra que um produto seja seu objeto de desejo pega fundo. Eu, pessoalmente, nunca fui daquela crianças que pediam tudo o que viam na TV. Sempre fui, no fundo do meu coração, o mais exemplar pão duro.

Só que ainda assim o marketing massivo faz efeito em mim. Semana passada, ao procurar um bom celular xing ling que recebesse dois chips e durasse pelo menos um mês, comprei um HiPhone.

O celular era igualzinho a um iPhone, inclusive com um logo da Apple brilhando na parte de trás. Lógico, o sistema dele era uma b…

Alambique

Não consigo assimilar o porquê das eleições serem chamadas de festa da democracia. É um exercício de democracia, isso sim. Se fosse festa, o álcool não seria proibido.

Agora, se fosse uma festa das boas, o álcool seria incentivado e seria eleito o candidato que virasse mais tequilas antes de vomitar.

Em caso de empate, o vômito com menos bile ganha.

--

Minha avó me disse que, quando era criança, cachaça era completamente liberada, e que essa história de proibir álcool para menores de idade surgiu muito depois. Por isso, não era raro ver uma mãe passar uma dosezinha de cachaça para o filho de cinco anos que não parava de gritar na mesa do almoço.

Por incrível que pareça, esse lado da família não gerou nenhum alcoólatra. Uma multidão de débeis mentais, alguns delinquentes, mas nenhum alcoólatra.

--

O outro lado da família sim, esse era cheio de alcoólatras. Tanto que, umas três gerações atrás de mim, tínhamos um alambique que produzia orgulhosamente o que a população paranaense chamava …