Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2014

Um ato de fé

Quando meus dentes de leite estavam caindo, senti fortemente que era hora de botar um ponto final naquela vergonha. Na minha cabeça de criança, dentes caindo eram sinal de falta de higiene, e eu não ia mais deixar aquilo acontecer.

Um dos meus dentes da frente estava ficando bambo, e eu não ia arriscar ficar banguela e ter de ouvir piadas de "E essa janelinha aberta?" pra sempre.

Escovei aquele dente por horas a fio, com a gana de quem evitava um desastre.

--

Já estava difícil respirar por causa do cansaço da caminhada, e ficou pior quando senti aquele cheiro terrível. No meio da calçada, dois imensos caminhões limpa-fossa.

Respirando apenas o necessário para não cair morto, atravessei a rua e reparei que, entre um caminhão e outro, um mendigo estava sentado no meio fio. Como ele aguentou aquele cheiro de fossa, não sei. Talvez ele mesmo não estivesse com o cheiro tão agradável assim. Talvez ali fosse um lugar onde dava pra se distrair do cheiro do próprio sovaco.

Mas estere…