Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2015

A geração do bico

Meu pai passou trinta anos construindo uma empresa até ela ser sólida o suficiente para sustentar uma família, com o objetivo de passar isso adiante para os filhos e deixar uma herança segura para os dois polacos babões que ele trouxe pro mundo.
Mesmo sendo babão, aprendi muito com a ética de trabalho dele.

Ele trabalhou muito duro, pegando pesado em dois fatores que ajudaram a empresa a dar certo: Um, ele dava uma atenção enorme para cada cliente que passava pela porta.
Dois, os serviços que ele presta são super difíceis de aprender e dependem muito a experiência que só ele pode ter.
O que deixou meu pai praticamente sem tempo nenhum, porque o trabalho da empresa depende dele para tudo. Sem o diferencial do que ele faz, muito mais prático comprar o que ele vende pela internet. Nada muito fácil para os filhos assumirem - isso sem contar que os dois polacos foram babar longe do pé: eu fui estudar psicologia e meu irmão foi tocar bateria e encher o corpo de tatuagens.
--
A geração a qu…

Com medo, de propósito

Eu sou um covarde. Tenho até medo de dar uma opinião muito forte em voz alta por medo de que ela mude nos minutos seguintes e eu precise me contradizer.

Mesmo assim, tenho uma resposta que me parece ser definitiva.

Quando me perguntam minha frase favorita, minha citação preferida de toda a literatura, sou obrigado a lembrar do Rainier Maria Rilke (sim, eu sou um clichê e Cartas a um jovem poeta mudou minha vida na adolescência).

Eu não lembro a frase exatamente (que bom para uma frase preferida, né?), mas ele descreve como o medo é um dos poucos sentimentos que se sente inegavelmente no corpo.

E não é? Quando você está com cagaço de alguma coisa, isso dá um geladinho nas costas que nem escorregar pelado num tobogã de gelo é capaz de dar.

Pois bem, o Rilke estava falando do medo como esse sentimento, esse friozinho nas costas. Ele dizia algo como "O medo é o dedo de Deus lhe empurrando na direção que você deve ir".

Não lembro quando foi que eu li essas palavras, mas eu sei q…