14.7.16

Nada é tanto assim

Vamos lá, umas perguntas e respostas sobre felicidade pra economizar na terapia:

"Por que eu capricho tanto nas coisas que eu faço e nada dá certo?"
Primeiro, certeza que um monte de coisa já deve ter dado certo na sua vida. Segundo, porque esforço não é garantia de sucesso. Infelizmente, muita coisa na vida é sorte.

"Mas então não adianta me esforçar em nada?"
Fica um tempo sem se esforçar pra nada pra ver o farrapo que você fica. Ninguém aguenta. Viver é isso, querer dar conta de uma missão grande e errar na maior parte das vezes. De vez em quando você insiste e acerta e isso é muito legal.

"Só vai ser legal quando eu acertar, então?"
Só se você for bobo. Mesmo se você ganhasse um Oscar, pode ter certeza que você ia estar insatisfeito um mês depois. É assim que o nosso cérebro funciona. Não dá pra ganhar um Oscar por mês, então não é muito inteligente depender de conquistas pra ser feliz.

"Como que eu vou ser feliz se não conquistar nada?"
Ô filhote, olha a quantidade de coisa que você já conquistou e o quanto você ainda está infeliz.
Não existe condição para a felicidade. Tá ligado o Jó, da Bíblia? O da paciência?
Então, essa é história é uma puta metáfora para a felicidade. O homem perdeu tudo o que tinha, filhos, dinheiro, o cargo de gerente na loja de departamento, abriu o pote de sorvete na geladeira e achou feijão, tudo. Mesmo assim, seguiu em frente e tentou não amaldiçoar a vida que tinha. Quando viu, tinha outros filhos, dinheiro, um cargo melhor na loja concorrente e o feijão valorizou.
Enquanto você não valorizar o que tem, não vai ter muita coisa mesmo.

"Então eu não posso reclamar da vida?"
Pode sim. Deve.
Gente que tenta ser positiva o tempo todo fica recalcada e chata. Reclamar faz bem. Só não reclama o tempo todo, por favor.

"Mas tem pessoas com vidas mais fáceis que a minha"
Tem mesmo. Tem um monte. E um monte de gente com a vida mais difícil, também.
Não dá pra comparar. Mas é injusto mesmo e dá pra reclamar a vontade. Se tiver idealismo e tolerância suficiente pra lidar com a frustração, você pode até tentar fazer algo a respeito.

"Mas o ser humano foi feito pra evoluir!"
Olha que evoluído você. Molhando o travesseiro toda a noite querendo acertar em alguma coisa. Não adianta nada ter quarenta anos de idade e ainda querer ser o anjinho do presépio da vovó, a fonte de orgulho interminável sabe-se lá para quem.
VOCÊ É GENTE. Gente erra, gente se engana, gente faz coisa errada sabendo que é errado. Gente é gente.
E gente que se faz de evoluída demais é recalcada e entediante. Você é bem mais evoluído quando aceita o que é e o que pode aguentar.

"Mas eu quero fazer algo de grande!"
Começa fazendo alguma coisa pequena, cara, porque coisa grande é difícil pra caramba pra fazer e as coisas simplesmente NÃO SÃO TÃO IMPORTANTES QUANTO VOCÊ PENSA.
Que mania de achar que tudo é importante, meu deus. Precisar de tudo certinho pra ser feliz é arrogância e apego, não evolução. Sossega o drama.

"Mas aí a vida fica muito chata!"
Cara, não duvida da sua capacidade de ser feliz e de dar conta do que a vida trouxer.
Sem dar importância a acertar em tudo, sem dar importância a ter alguém específico do seu lado, só dando importância a estar tranquilo. Estar tranquilo é muito mais importante do que estar feliz.
Feliz é a Peppa Pig, e ninguém consegue assistir a Peppa por muito tempo.

A vida é bonita inteira, gente.
Tem tanta beleza no dia do seu casamento quanto no do funeral da pessoa que você mais ama. É só questão de aprender a ver o que tem de bonito ali e saber que tudo passa.
Nada é tão importante assim.
E sofrer não é tão ruim assim, você até gosta um pouco, assume.

Nada é TANTO ASSIM.
Pega mais leve. Depois me conta como foi.

Um comentário:

Aumentando o volume

Depois de um debate em sala de aula na faculdade, uma professora me chamou - uma professora incrível, que eu respeito muito até hoje. &quo...