2.2.18

Como evitar uma terapia furada

Tá bem, não é só psicólogo que mexe com saúde mental. Muita gente trabalha na área, e eu até acho que isso pode ser uma coisa boa. Nenhum recorte do conhecimento humano pode ter um manda-chuva só.

Por isso, hoje em dia existem muitas alternativas ao tratamento psicoterápico convencional. Novamente, não sou contra, mas eu tenho recebido pessoas bastante prejudicadas por tratamentos alternativos feitos por pessoas que simplesmente não tem preparo pra trabalhar com uma coisa tão séria quanto a saúde mental.

Aqui vai minha visão sobre vários desses tipos de trabalho. Vou perder alguns seguidores, mas acho que a dica pode ajudar quem está em busca de um tratamento.

Constelação sistêmica: Olha, a filosofia do negócio é linda, os livros do Bert Hellinger são muito interessantes, mas... Não é psicologia. É uma filosofia de vida com respostas bem prontas sobre como as coisas devem ser, e lugar de dogma é na religião, não no consultório psicológico. Os exercícios e as técnicas de constelação são bem legais e algumas eu até roubei pra usar com meus pacientes, mas elas são baseadas em uma visão de vida muito específica e que não vale pra todo mundo. Já recebi pacientes emocionalmente destroçados pela visão de "Você precisa aceitar sua família a qualquer custo" das constelações. Não é assim pra todo mundo e não faz bem pra todo mundo ser tratado desse jeito. Uma resposta pronta pode machucar muita gente.

Psicanálise: Não sou contra a psicanálise, fiz análise por muitos anos e inclusive recomendo a muita gente que se dedique a um trabalho de análise tradicional. Acontece que a psicanálise também é um método de escuta bastante específico e que não vale pra todo mundo. O tratamento é muito baseado em silêncios e posturas do terapeuta que podem gerar muita angústia pra quem não está preparado pra esse tipo de processo. Me incomoda que alguns profissionais vendam a psicanálise como uma terapia que serve pra todo mundo. Não serve e, em alguns casos, chega a fazer mal.
Inclusive, se optar pela psicanálise, confira a formação do seu terapeuta, porque tem muita gente fazendo cursinho por correspondência e se chamando de psicanalista. Infelizmente, isso é permitido por lei.

Coaches: Novamente, nada contra. Já atendi pessoas que passaram por coaches ótimos e que ajudaram a dar uma guinada e tanto na vida. Infelizmente, a área está bem na moda e não tem regulamentação específica, então qualquer um pode se dizer coach de qualquer coisa. Confira a formação do seu coach e o quanto ele promete que vai mudar tudo na sua vida rapidamente. Se está prometendo coisas que parecem milagre... provavelmente se trata de um charlatão.

Conselheiro da igreja que é formado em psicologia: Muitas igrejas tem feito isso, de disponibilizar uma pessoa formada em psicologia para escutar os membros. O duro é que essa pessoa vai estar a serviço da igreja, mais do que da sua saúde mental. Não dá pra atender duas demandas ao mesmo tempo, e é melhor procurar um profissional independente se for possível.

Homeopatia / Florais: Bastante gente fala muito bem desse tipo de tratamento, e se elas estão contentes eu também estou. O que me incomoda é que sejam tratamentos vendidos como soluções super efetivas, quando são técnicas não científicas. Não dá pra apostar todas as suas fichas de saúde mental nisso, não é garantido. Faça consciente de que pode ser um complemento bom, mas não o seu tratamento principal.

Psiquiatra: "Vai falar mal de psiquiatra?" Não! Psiquiatras são ótimos, tenho até amigos que são. Só não me venha com o papinho de "Eu faço terapia, porque eu vou uma vez por mês no psiquiatra e falo dos meus problemas antes de ele ajustar minha receita". Existem psiquiatras que são psicoterapeutas maravilhosos, mas o trabalho não é tão fácil quanto ir uma vez por mês e não ser questionado pelo que você fala. Seu psiquiatra está te ouvindo e está trabalhando de acordo com isso, mas isso não é psicoterapia.

Filosofia Clínica: Essa me deixa encafifado, até porque... em algum momento você pode esbarrar num transtorno mental, e esse profissional não está informado o suficiente sobre psicopatologia, psicofarmacologia e dinâmicas de ajuda psicoterapêutica pra reconhecer, tratar e encaminhar corretamente um caso como esse. Pode ser bem bacana com um profissional bem preparado, mas tem muito charlatão trabalhando na área.

Hipnose: Outra área em que existem profissionais muito bons, em geral aqueles que se atém a uma área bem específica. Desconfie daquele que diz que resolve tudo. Sobre o tratamento em si, na minha opinião, é melhor para coisas bem focadas e ainda assim o trabalho não é garantido. Como um trabalho que acontece completamente a nível de rebaixamento de consciência vai ter eficácia para questões em que você está plenamente consciente, sem que você enfrente essas questões conscientemente?

Vidas Passadas/Reiki/Renascimento/Grito primal/Regeneração do Raio Coletivo da Irmandade Fraternal da Chama Cor de Rosa do Caralho a Quatro: Se uma coisa promete uma solução mágica, faça uma pergunta a si mesmo antes de aceitar: "Mágica existe?". Se você acredita que sim, vai fundo.

Isso quer dizer que você não pode recorrer a uma das terapias citadas acima, e que só um psicólogo vai ser capaz de atender a cada demanda sua? Não.
Você pode escolher o trabalho que quiser, mas... São alternativas, e não um trajeto calculado, científico e preparado em vários aspectos ao mesmo tempo pra te acolher melhor.

E olha, eu até incluo alguns psicólogos na lista, porque tem muito psicólogo por aí fazendo besteira. Sempre confira a formação do seu psicólogo, pergunte se ele faz supervisão, pesquise sobre a linha de trabalho dele e tente seguir indicações de alguém que você confie.

"Mas eu quero uma terapia diferente!"
Então vai fundo em qualquer uma dessas! Experimenta. Ninguém é dono da verdade. Mas saiba que você está explorando coisas que podem ser mais baseadas em achismo do que em ciência, e que pode topar com profissionais pouco preparados, por isso mantenha o senso crítico ligado e faça bastante esforço pra não acreditar em tudo o que te falam.

Depois disso, boa terapia pra você!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não agrade seus pais

É praticamente regra: até os melhores pais trabalham no esquema do amor condicional. É assim que seres humanos funcionam: eu te amo mais q...