22.3.18

Sem ajuda

Tem um meme circulando que é mais ou menos assim:

"Na internet a pessoa é 'todos contra a depressão', 'ofereço meu apoio', mas na vida real é 'sai, pessoa tóxica', 'deixa esse bad vibes pra lá'."

A ideia é de que se alguém fala que depressão é importante e merece apoio, essa pessoa deve estar sempre disponível para ouvir e apoiar quem tem esse problema.

Não compartilho dessa opinião.

--

Sabe porque as pessoas não estão disponíveis para te apoiar na sua depressão?

Talvez porque já estejam ocupadas tentando lidar com as dificuldades delas.
Se já não é fácil conviver com as próprias dificuldades e sofrimentos, mesmo estando saudável, quão mais difícil é conviver com uma pessoa que está num momento negativo.

Não é necessariamente culpa delas.
No fim das contas, a depressão é uma experiência extremamente individual, e por mais que um apoio seja bem vindo, não há outra pessoa responsável por te tirar desse estado senão você.

--

"Mas as pessoas deveriam fazer um esforço!"

Deveriam. E você também.

Tratar a depressão como uma característica imutável, que vai te acompanhar o tempo todo, e que as pessoas deveriam tolerar a qualquer preço não é um bom ponto de partida para se recuperar dela.

A responsabilidade é sua.

A depressão não é uma condição pesada, triste e que nunca vai impedir completamente suas chances de felicidade. Ela é uma condição com fatores emocionais, físicos e sociais, e não precisa ser um ponto final na vida de ninguém.

Depressão tem tratamento, e esse tratamento funciona.

--

Fazer terapia e tomar antidepressivos te deixar super contente o tempo todo, o Bozo das good vibes? Não, ainda bem.

A vida vai continuar sendo difícil e você vai continuar tendo que lidar com ela.

Mas você vai conseguir lidar com a sua vida de um jeito melhor.
Foco no "você".

Sinto informar, mas não é a obrigação de ninguém te oferecer apoio.

Seria bom se esse apoio viesse? Seria. Mas não vai vir, pelo menos não o tempo todo. Qualquer gentileza e carinho que vier é um presente maravilhoso, e realmente pode fazer bem.

Mas talvez esse presente não venha, e é você que vai ter que lidar com isso.

Sozinho.

--

"Então não adianta pedir ajuda de ninguém?"

Não é por aí.
Peça ajuda! Desabafe, converse sobre as possibilidades de tratamento, ouça sugestões. Aceite a ajuda que lhe for oferecida, ainda que ela tenha limites e que você sinta que você merece mais atenção.

Só não espere que as pessoas possam estar disponíveis o tempo todo pra lhe atender, ainda que você precise disso. Essa expectativa vai piorar ainda mais sua situação.

Você realmente merece muito carinho e atenção, mas se isso não acontecer, é melhor trabalhar com o que você tem. Por isso que a depressão é, invariavelmente, uma experiência solitária.

Então pode ser melhor procurar uma ajuda especializada - ou pedir a ajuda de alguém que consiga lhe direcionar para isso.
Depois tem todo um outro trabalho: fazer a psicoterapia, ter um acompanhamento psiquiátrico, lidar com seus próprios demônios.

Não é fácil e é solitário, mas tem bons resultados.

--

Você não precisa ser a pessoa cortada da festa por ser "bad vibes" pra sempre. Depois de bastante terapia, talvez tomando um medicamento, você vai se sentir melhor.

Aí sim, você pega a listinha de quem não foi compreensivo com você e corta da sua vida.

Mas talvez isso não te preocupe mais tanto, porque você conseguiu se levantar com a sua própria força e essas pessoas perderam a importância.

Quem sabe depois disso você até possa se tornar a pessoa que realmente dá apoio pra quem está passando por um problema.

Apoio com limites, claro.
Você também vai estar bastante ocupado cuidando - e usufruindo - da sua própria saúde mental.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pessoas encolhidas

Eu preciso lembrar de me lembrar, porque eu esqueço fácil, que algumas pessoas não duvidam de si mesmas o tempo todo. Mais do que isso, elas...