24.12.15

Em defesa do carinho

Pra mim, a emoção mais importante que um ser humano pode ter é o carinho.

Carinho é diferente de amor: Amor você pode sentir e esconder por trás de uma mágoa. 
Carinho é inescondível. Impossível olhar para alguém com carinho sem ser denunciado pelo brilho nos olhos.

Amar todo mundo ama, mas isso só tem valor quando o amor ganha movimento em forma de carinho.

--

É o carinho que permite que a gente siga em gente quando levamos uma pancada da vida. 
É o carinho que nos derrete quando as circunstâncias querem nos petrificar. 

É do carinho que a gente sente falta quando a tentativa de amor não sai da forma que a gente esperava. 

--

Cada um tem seu jeito de demonstrar afeto: tem os que deixam um bilhete carinhoso no espelho, os que cozinham para um batalhão mesmo pra receber uma só visita, os que trabalham duro pra não deixar nada faltar no fim do mês e os que se fazem de fortes, fingindo não precisar de carinho pra não criar incômodo pra ninguém.

Qualquer que seja a maneira de demonstrar, o carinho é o air-bag das relações humanas. É o carinho que te faz dizer "tudo bem, acontece" pra uma criança que quebrou algo seu, em vez de ceder ao instinto e esganar sorrindo. 

--

Lanço agora o desafio de demonstrar carinho para quem é mais difícil.
Pro colega que você aprecia o jeito de trabalhar, ainda que ele tenha opiniões políticas que te dão ânsia de vômito.
Pra sua vizinha que você precisa fugir pra não ficar horas escutando todos os problemas, mas que veio te visitar quando você ficou doente.
Pra pessoa na rua que te perguntou se tá tudo bem quando você tropeçou e caiu de joelho.

Não importa o jeito de demonstrar: cada demonstração de carinho vai te acender uma coisa gostosa no peito. Mesmo que não entendam nada do que você fez, esse carinho vai te iluminar por dentro e o prazer é tudo seu.

--

Eu realmente acho que o problema no mundo não é falta de amor.
Dá pra ver isso na nossa sala de estar: é claro que você ama aquele parente complicado, mesmo ele  sendo tão difícil de conviver.

Demonstrar carinho que é o difícil.
Como conseguir ser carinhoso com quem já machucou a gente?

Talvez o único jeito seja lembrando que a gente é muito pequeno. Que nós somos todos crianças desastradas que de vez em quando quebram o que não deviam.
E que, crianças que somos, precisamos tanto do colo pra aprender quanto da disciplina.

--

Carinho é o açúcar da vida. Fiquemos diabéticos. 

2 comentários:

  1. Flávio , vc trocou a apalavre frente ou GENTE
    NESTA FRASE --É o carinho que permite que a gente siga em gente

    ResponderExcluir
  2. "os que se fazem de fortes, fingindo não precisar de carinho pra não criar incômodo pra ninguém."

    Parabéns, gostei da letra maior neste texto, fica mais fácil a leitura!

    ResponderExcluir

Aceitações

Nós, que andamos pelo mundo acordando cedo, andando com nossas próprias pernas e reclamando quando temos gripe, somos um seleto grupo de abe...